Home » » NO ESCRITÓRIO....

NO ESCRITÓRIO....



 TEXTO CEDIDO PELA NOSSA LEITORA DEISSINHA.

Oi, Deissinha.
 Hoje convidei você para passar no meu escritório. Eram duas horas, dispensei a secretária para o turno da tarde. Pontualmente, chegaste às duas horas.
Convidei para entrar, fechei a porta, chaveando.
Você estava uma loucura, com um vestido de malha colado ao corpo, marcava teus seios sem soutien e realçava tuas coxas maravilhosas.
Cumprimentei com um beijo nos lábios, apertei teu corpo junto ao meu, senti tuas coxas apertadas nas minhas pernas.

                                   
Beijei-a longamente, minha língua ia de encontro a tua, meu caralho endurecido, acomodava-se entre suas coxas, sentindo o calor que emanava da tua buceta maravilhosa.
Apalpava tua bunda gostosa, puxei teu vestido para cima deixando tuas coxas desnudas, abri minha cinta, baixei minha calça, tirei a cueca, tirei todo teu vestido,baixei tua calcinha até cair no chão.
Abriste um pouco as coxas permitindo que meu caralho ficasse roçando tua buceta, você mexia-se para frente e para traz roçando meu caralho na tua vagina, sentíamos nossos corpos tremerem, quentes, nossas línguas duelavam no beijo alucinante.
Caminhamos sem nos separar até minha mesa de trabalho, tirei todo material de cima, deitei você em cima, meio corpo na mesa,suas coxas levantadas deixavam amostra aquela buceta maravilhosa, clamando por meus lábios, sentei na cadeira, escorei tuas coxas nos meus ombros, beijei apaixonado tua vulva toda molhadinha de tanta tesão.

                                  
 Lambia de cima abaixo, beijava separadamente cada lábio da tua buceta, abocanhava toda na boca, lambia de cima abaixo, mordiscava com os lábios teu clitóris, massageava teu cuzinho com o dedo, você apertava tuas coxas no meu rosto, puxava minha cabeça para bem junto da buceta, dirigia minha boca para onde queria, esfregava a buceta em toda minha cara.
Trocamos de posição, deitei na mesa, meu caralho estava muito duro, você acariciava a cabeça da piça com os lábios, lambia toda sua extensão  acariciava meus testículos carinhosamente, botava aos poucos todo caralho na boca, olhando nos meus olhos via o prazer que sentia em chupar meu caralho assim maravilhosamente.

                             .
Com movimentos contínuos, botava e tirava da boca, apertava entre os lábios, chupava, lambia, quase não aguentava mais.
Levantei, deitei novamente você na mesa, suas coxas abertas escoradas no meu peito, deixavam a mostra aquela buceta encantadora.
Passava meu caralho, pincelando a tua buceta, para cima e para baixo, aos poucos comecei penetrar tua vagina quente, molhadinha, até sentir que estava todo dentro de ti.
Você mexia-se, deixei todo caralho dentro da tua buceta, você mexia como mais sentia prazer, em poucos segundos chegamos a um orgasmo avassalador,  gemidos e sussuros, apertava você contra mim, enfiava e tirava meu caralho, apertei tuas coxas contra mim, meu caralho deixou escorrer todo liquido do prazer dentro da tua buceta, enquanto você sussurrava palavras gostosas sentindo um orgasmo infinito.
Ficamos por um bom tempo eu abraçado nas tua coxas, sem tirar meu pau de dentro, curtindo.
Tomamos um banho, nos despedimos com a promessa de voltar a ter outro encontro

Um beijo nesta tua buceta maravilhosa.

 

 
Support : Copyright © 2015. Swkalo - All Rights Reserved